IMIGRAÇÃO

É impossível começar um planejamento para visitar ou estudar no Canadá, sem antes pensar nos processos de visto. Ou ainda entender como funciona para atingir o objetivo de muitos Brasileiros hoje, que é a imigração para o país. Por isso vamos falar um pouco abaixo sobre os vistos mais comuns solicitados pelos Brasileiros, assim como os caminhos mais utilizados para se conseguir a residência permanente ou mesmo cidadania Canadense.

Vistos

O visto mais comum e menos burocrático é o visto de visitante, que é dividido em duas categorias: o V-1 e o SX-1. O status perante a imigração é o mesmo, e com qualquer um deles ao entrar no país, se não for escrito no passaporte pelo oficial de imigração uma data menor, ao entrar no país você tem 6 meses de permanência, mesmo que no visto a data de expiração seja bem maior que isso. O que diferencia os dois é o seu propósito de viagem, caso venha só por turismo, a imigração vai emitir um visto de visitante V-1, mas se vier para estudar por períodos menores que 6 meses, o visto vai ser emitido como SX-1.

Caso queira estudar por mais de 6 meses, aí nesse caso é necessário solicitar o visto de estudos, ou S-1. Com esse visto, você vai poder entrar no país com um visto válido pela duração do seu período de estudos.

 

Se você for casado(a), o conjuge pode receber ainda um visto de trabalho se você estiver matriculado(a) em um College ou Universidade da rede Pública Canadense, sendo que com esse visto pode-se trabalhar em qualquer empresa ou ramo de atividade, que é o W-1.

Permissões

A permissão é uma carta emitida ao ingressar no país pelo oficial de imigração, que te dá direito a exercer certa atividade temporariamente no país, como por exemplo: estudar ou trabalhar. Diferente do visto, que é só uma autorização de entrada no país, a permissão é o que realmente te dá o status aqui dentro do Canadá. Podem ser emitidas 3 tipos de permissões, a de Estudo, Trabalho, ou de visitante caso peça uma extensão para visitar o país por mais de 6 meses.

Com a permissão de estudos, dependendo de  onde vai estudar, você  pode

ter direito a trabalhar 20 horas semanais e full-time durante recessos ou períodos de férias.

Já a permissão de trabalho te dá autorização de trabalhar full-time durante todo o período que for concedido, mas nesse caso não tem direito à estudar.

 

Ao final do período de estudo em uma instituição pública, o aluno pode ainda pedir o PGWP (Post-Graduate Work Permit), que é uma permissão de trabalho para quem se formou aqui no Canadá, e o tempo de duração vai depender do tempo de curso. Caso tenha se formado em um curso de 1 ano, você vai ser elegível à se aplicar para mais 1 ano de PGWP. Caso tenha se formado em curso de 2 anos ou mais, você vai ser elegível para se aplicar para até 3 anos de PGWP.

 

É muito importante saber que as permissões não dão direito de entrada no país, pra isso é necessário o visto válido. Com exceção dos EUA, que você pode usar a permissão mais o visto vencido para voltar ao Canadá.

Imigração

O Canadá possui vários processos diferentes de imigração. Mas vamos nos focar nos mais usuais para o público Brasileiro.

 

O processo de imigração Canadense é baseado em pontos de qualificação do perfil de cada pessoa, que leva em consideração vários fatores, como nível de inglês, grau de formação, experiência de trabalho no país de origem e no Canadá, família, idade, entre outros.

 

Basicamente a maioria dos Brasileiros quando calculam a pontuação, ficam abaixo de 400 pontos, o que não é suficiente para passar a nota de corte do processo federal, que hoje está em torno de 440 – 455 pontos. Para conseguir ultrapassar essa marca, na maioria dos casos o que vai fazer diferença é o nível de inglês, a conclusão de um curso aqui no Canadá, e assim ter de 1 a 3 anos de experiência de trabalho no país. Com isso a pontuação sobe bastante, e essas pessoas que ainda não eram elegíveis para receber um convite para se aplicar para a residência permanente, passam a ser.

 

Portanto é através desse caminho que trabalhamos mais pra quem vem para o país com intenção de imigração.

Para aqueles que mesmo passando por esse processo não conseguem uma boa pontuação, ainda tem os processos Provinciais, que podem ser uma forma de se alcançar o objetivo.

 

Como o perfil de cada pessoa pode variar muito, e podem ser adotadas diferentes estratégias, nos mande uma mensagem e vamos colocar você em contato com um consultor de imigração Licenciado para descobrir qual o melhor caminho à se seguir.

© 2023 by Totem Educational Services

1235 Bay Street 7th Floor

Toronto, ON - M5R 3K4

info@totemedu.com

Phone Canada: +1 (647) 402-0409

Phone Brazil: +55 (31) 4042-0409

Follow us:

  • Facebook Clean
  • White Instagram Icon

Trabalhe Conosco

Seja nosso Parceiro

Regulated Canadian Immigration Consultant

Diego Paiva - ICCRC ID: R531209

https://iccrc-crcic.ca/find-a-professional/